Master Brand

Sete dicas para escovar seu cão em casa

Compartilhar
Intro Text
Ajude ao manter seu cão bonito e saudável com nossas dicas de higiene e banho.
Content
Image
Cão sendo escovado

A higiene regular é importante para cães de todas as raças: ajuda a manter uma pelagem brilhante e sem emaranhados e proporciona a oportunidade de verificar se há infestações de parasitas e problemas de pele, melhorando sua saúde geral. Além disso, escovar seu cachorro pode ser uma ótima experiência para você e seu animal de estimação passarem tempo juntos e formarem laços.

Mesmo cães com pelo curto e de baixa manutenção precisam de escovação, banho e corte de unhas periodicamente. Cães com pelo longo também podem precisar de tosa. Embora você possa levá-lo ao pet shop regularmente – especialmente para tosar e aparar os pelos do seu cão – essas sete dicas ajudarão você a estabelecer uma rotina de higienização em casa.

1. Escove regularmente o pelo do seu cão para evitar que fique embaraçado

Independentemente da raça, seu cão precisa de escovação periódica para manter a pelagem brilhante e lustrosa. A quantidade de escovação por semana depende do comprimento e textura da pelagem do seu cão. Raças de pelo longo, como o Golden Retriever e Collie, precisam de escovação mais frequente (pelo menos uma vez por semana, se não a cada dois dias), enquanto raças de pelo curto, como galgos ou labradores, podem precisar de uma boa escovação apenas a cada duas semanas.

Em cães de pelo longo, o fato do pelo estar embaraçado ou emaranhado pode causar dor. O cão passará a lamber ou morder o local da irritação, o que pode provocar infecções de pele. Escovar regularmente seu cão de pelo longo evita que isso se torne um problema.

A escovação também faz bem para os cães de pelo curto. Escovar remove os pelos soltos, sujeira e caspa da pelagem do seu cão, prolongando o tempo entre um banho e outro.

2. Apare o pelo do seu cão – mas com cuidado

A maioria dos tutores prefere levar seu cão a um pet shop para ser tosado por um profissional. Se você tomar bastante cuidado, você pode aparar o pelo em volta dos olhos ou patas do seu cão em casa mesmo, entre uma ida e outra ao tosador. Aparar o pelo ao redor dos olhos do seu cão ajuda a impedir que os pelos bloqueiem sua visão, esfreguem e machuquem seus olhos.

Sempre espere até que seu cão esteja calmo e de preferência deitado. Mova-se devagar e com calma e tenha muito cuidado quando as lâminas da tesoura estiverem próximas à pele. Não se esqueça de recompensar seu cão com um petisco quando terminar.

Aparar os pelos dentro das orelhas pode melhorar o movimento do ar e ajudar a prevenir infecções de ouvido. No entanto, é melhor que um profissional experiente ou o veterinário faça isso.

Lembre-se: é fácil cortar seu animal de estimação acidentalmente com tesoura ou aparador. Sempre tome cuidado, e se você estiver nervoso ou preferir não aparar os pelos do seu cão, procure um serviço de banho e tosa profissional.

3. Apare as unhas do seu cão com segurança

Apare as unhas do seu cão sempre que elas estiverem fazendo um som de “clique” no piso da sua casa. Isso evitará que as unhas fiquem compridas a ponto de causar desconforto no seu cão. No entanto, antes de aparar as unhas do seu cão pela primeira vez, você precisará de algumas dicas de segurança. Clique aqui para acessar um guia passo a passo completo que ensina a cortar as unhas do seu cão com segurança e facilidade. Caso tenha receio ou não se sinta confiante para cortar as unhas de seu pet, procure ajuda profissional.

4. Examine a pele do seu cão enquanto o escova

As doenças alérgicas da pele são comuns em cães. Elas provocam incômodo fazem com que eles cocem, mordisquem ou lambam a pele. Além de deixar seu animal de estimação infeliz, ectoparasitas como pulgas, carrapatos, piolhos e ácaros podem passar doenças ou vermes, como a tênia.

Crie o hábito de examinar a pele do seu cão toda vez que você o escovar. Comece passando os dedos pela pelagem, sentindo a pele em busca de protuberâncias ou inchaços fora do normal. Para investigar mais detalhadamente, reparta o pelo e examine a pele mais de perto em busca de feridas, vermelhidão, erupções cutâneas, manchas sem pelo e infestações parasitárias.

5. Ensine seu cão a gostar das sessões de limpeza

Muitos cães, principalmente os filhotes, precisam de incentivo e reforço positivo quando são apresentados a uma rotina de higiene.

Essas dicas ajudarão as primeiras sessões de limpeza em casa a ocorrerem sem problemas:

  • Espalhe um pouco de patê ou sachês de ração úmida em uma superfície lavável e permita que seu cão adulto ou filhote lamba enquanto você o escova ou lava.
  • Vá devagar e dê muitos petiscos e elogios para que seu filhote aguarde ansiosamente a próxima sessão de mimos.
  • Antes da hora do banho, coloque um tapete antiderrapante na banheira ou box para evitar que seu cão escorregue.

6. Examine periodicamente as orelhas do seu cão

Enquanto escova o seu cão, lembre-se de examinar suas orelhas. As infecções de ouvido podem ser dolorosas; se você observar alguma das seguintes alterações ou comportamentos, leve seu cão ao veterinário para um check-up:

  • O interior das orelhas está inflamado ou úmido.
  • As orelhas estão com um cheiro estranho.
  • Seu cachorro balança a cabeça ou coça as orelhas.
  • As orelhas contêm mais secreção ou uma secreção diferente do habitual (um pouco de cera é normal).
  • Seu cachorro geme ou chora quando você mexe nas orelhas dele.

7. Não dê banho no seu cão com muita frequência

Não existe uma frequência correta de banho. A maioria dos cães com pele saudável só precisa de um banho a cada 2 meses para evitar problemas de higiene e odores desagradáveis. Dar banhos no seu cão com mais frequência do que isso pode retirar os óleos naturais de sua pelagem e secar a pele.

Se o seu cão está com mau cheiro, mas não rolou na carniça nem nada do tipo, converse com seu veterinário. Um problema de saúde pode ser responsável, como uma doença dos dentes ou infecção de pele.

Ao dar banho no seu cão, lembre-se das seguintes dicas:

  • A pele do cão tem um pH diferente do humano; portanto, nunca use xampu ou sabão para bebês ou humanos. Escolha um xampu especialmente formulado para cães, que é mais delicado.
  • Derrame água morna no cão até que ele esteja completamente molhado. Em seguida, esfregue delicadamente o xampu para dentro do pelo. Evite os olhos, boca e o interior das orelhas do cão.
  • Enxague o xampu com água morna. Se estiver calor, deixe seu cão se sacudir e secar ao ar livre. Nos dias mais frios, seque o cão com uma toalha macia ou com um secador (regulado para soprar ar fresco, não quente).

Uma boa higiene, banhos periódicos e exames regulares da pele e das orelhas não apenas ajudam a manter seu cão saudável, como também demonstram seu amor pelo animal e proporcionam um tempo de qualidade juntos.

Palavras-chave
Compartilhar