Master Brand

Fases da Vida de um Cachorro

Compartilhar
Intro Text
Ter um cãozinho em casa é uma experiência mágica e a promessa de muitos anos de carinho e companheirismo.
Content

Mas você sabia que, assim como nós, suas necessidades e vontades ao longo da vida se alteram, então é importante estar atento às particularidades de cada fase de vida do seu melhor amigo para que esse convívio seja sempre o mais proveitoso e saudável possível.

Até 1 ano: Filhote

Image
Cinco cachorros filhotes juntos

Parabéns pelo novo membro da família! Esta é uma fase muito importante na vida do cãozinho, que está começando a conhecer o mundo, as pessoas e as coisas ao seu redor por meio do olfato. Nessa idade, o cãozinho está cheio de energia, então é importante que você brinque muito com ele e esteja presente para ajudar com sas descobertas.

Lembre-se de que ele ainda está pequeno, frágil e suscetível a uma grande variedade de parasitas que podem ocasionar diversas doenças. Por isso, é importante que você mantenha a vacinação do cãozinho sempre em dia e leve-o ao médico veterinário para avaliações frequentes. Ele orientará você quanto ao que deve ser feito para manter seu filhote saudável e feliz nessa jornada de conhecimento.

Em relação à alimentação, é importante que seja respeitado o período de amamentação antes de mudar para os alimentos sólidos. Nessa hora, a melhor opção é uma ração específica para filhotes. Lembre-se de que as necessidades nutricionais do cão são diferentes das nossas, e isso é ainda mais crítico nessa fase inicial de vida, então não dê comida para ele e siga sempre as orientações do médico veterinário.

1 a 3 anos: Adolescente

Image
Cinco cachorros filhotes juntos

A partir do primeiro ano de vida, o cão está mais ativo e animado, cheio de energia. É importante brincar bastante com ele para conseguir gastar essa energia, e atividades e esportes, como o Agility, por exemplo, são fundamentais para manter o cão sempre em forma e saudável.

As descobertas iniciadas na fase de filhote continuam firmes e fortes nessa fase, o que abre a possibilidade de o cão fugir ou se perder na tentativa de descobrir novidades, como outras pessoas e outros cães. É por isso que deve-se dar muita importância à educação e ao adestramento do cão nessa fase, pois ele adquirirá hábitos que garantirão um convívio saudável e divertido com a família.

O médico veterinário orientará quanto ao melhor momento de mudar a ração para atender a esta fase de vida, então não deixe de consultá-lo para fazer essa troca. E lembre-se: nada de restos de comida!

3 a 8 anos: Adulto

Image
Cachorro adulto sentado de cor marrom

Nesta etapa, a excitação dos primeiros anos diminui e o cão fica mais sereno. Mais maduro, ele se torna o amigo perfeito para todos os momentos, proporcionando proteção e alegria para a família.

Permitir que ele faça bastante exercício é muito importante também nessa fase, e atividades esportivas como o Agility são uma ótima maneira de mantê-lo em forma e saudável.

A ração também muda, e agora o cão deve comer algo que seja indicado para sua faixa etária – seu médico veterinário pode orientá-lo em caso de dúvidas.

A partir dos 8 anos: 3ª idade

Image
Cachorro idoso sentado

Mais velhos, experientes e maduros, os cães a partir dos 8 anos se tornam ainda mais afetivos e companheiros. Com a idade, o cão fica menos ágil e mais calmo, mas a afetividade fica mais acentuada.

Por isso, é fundamental brincar com ele, sair para passear e garantir que ele tenha companhia e exercício frequente.

Nessa fase de vida, o cão precisa de nutrientes e vitaminas específicas e, por isso, o ideal é alimentá-lo com uma ração sênior.

Compartilhar