Master Brand

Como reconhecer sintomas de vermes no seu cão

Compartilhar
Intro Text
Os vermes podem causar uma série de problemas de saúde nos cães, incluindo coceiras no traseiro, vômitos e perda de peso. Alguns infectam os cães e também podem causar doenças graves nos humanos e reduzir o valor da carne de rebanhos devido a cistos dos vermes. Nosso guia simples ajudará você a identificar os sintomas antes que eles se tornem um problema.

Os vermes geralmente infectam os cães. Como esses parasitas podem viver no intestino durante longos períodos antes que se percebam problemas com a saúde do seu pet, é importante ficar atento aos sinais de alerta e tentar identificar as infecções o mais cedo possível. Os sintomas incluem:
Content
  • Segmentos do verme aparentes nas fezes ou na cama do cão
  • O cão esfrega o traseiro no chão
  • Vômitos
  • Perda de peso
Image
golden retriever com boca aberta

Há muitos diferentes tipos de vermes que podem infestar seu cão, como as espécies Taenia e Echinococcus, mas a mais comum é a Dipylidium caninum, contraída por meio de pulgas que carregam as larvas do verme. Um cão pode ingerir essas pulgas infectadas quando estiver se limpando. Os vermes se afixam na parede do intestino do cão e podem crescer até ficar com 60 cm! Eles se alimentam lentamente do conteúdo do intestino do cão, roubando importantes nutrientes do seu pet.

Os cães muitas vezes não demonstram sintomas detectáveis durante um longo período, mas isso não significa que você não consiga vê-los se souber o que procurar.

É bom saber: alguns vermes que infectam os cães, por exemplo o verme da hidatidose (Echinococcus granulosus), podem causar doenças graves em humanos. Os cães são infectados com vermes que ingerem quando comem carne ou miúdos de animais infectados. Nunca permita que seu cão coma miúdos e trate-o regularmente com um vermífugo para minimizar os riscos da hidatidose em áreas infestadas (fale com seu médico veterinário).

Sinais de vermes nos cães

Segmentos do verme aparentes nas fezes do seu cão

Conforme o verme cresce, segmentos contendo muitos ovos são liberados nas fezes do cão. Esses segmentos também podem ser vistos na região do traseiro do cão ou na sua cama. Os segmentos se parecem com grãos de arroz que se movimentam ou, caso tenham ressecado, com partículas duras e amarelas nos pelos do cão.

Esfregando o traseiro no chão

Se for infectado, seu cão pode arrastar ou esfregar o traseiro no chão, ou lamber e morder o traseiro para tentar aliviar a coceira causada. No entanto, lembre-se de que os cães esfregam o traseiro no chão por vários motivos, incluindo glândulas adanais obstruídas ou irritadas, ou inflamação na pele. Leve seu cão para o veterinário para entender o que está causando esse desconforto.

Vômitos 

À medida que o verme cresce dentro do cão, ela pode causar vômitos. É possível ver segmentos, ou até mesmo o verme inteiro no vômito ou nas fezes. É claro que vomitar pode indicar uma série de outros problemas, desde indigestão a condições mais sérias. Se seu cão vomitar com frequência ou apresentar outros sintomas, como letargia ou diarreia, consulte o médico veterinário imediatamente.

Perda de peso

Em casos mais graves de infecção por vermes, seu cão pode perder peso, mesmo se alimentando corretamente. Isso se deve ao fato do verme se alimentar dos nutrientes do estômago do cão.

Assim como o vômito, a perda de peso pode ter uma variedade de causas diferentes. Se não há nenhum motivo óbvio para a perda de peso, como um aumento no exercício ou mudança na dieta do cão, então leve-o ao médico veterinário para uma avaliação.

Prevenção e tratamento de vermes 

Apesar de provocar sintomas alarmantes no cão, a verminose tende a ser de fácil diagnóstico e tratamento. Produtos como o Drontal, vermífugoem comprimidos mastigáveis rapidamente matamos vermes que estiverem presentes no intestino do seu cão.

É claro que, como toda infestação, a prevenção é melhor do que o tratamento, e há diversas medidas que você pode adotar para manter seu cão livre do verme Dipylidium caninum. A melhor forma é manter um cronograma regular de prevenção contra pulgas, usando produtos para essa finalidade, como coleira antipulgas ou ou produtos spot-on, que são aplicados no pescoço do seu cão e protegem contra pulgas.

Ao não deixar seu cão perambular por aí sem supervisão, você também pode evitar que ele contraia vermres como aTaenia ou Echinococcus de roedores que ele caçar, ou de carcaças de bois.

Palavras-chave
Compartilhar