Master Brand

Cães e pulgas: O que você precisa saber

Compartilhar
Intro Text
Se o seu cachorro estiver se coçando mais do que o normal, isso pode indicar uma infestação de pulgas. Descubra tudo que você precisa saber sobre pulgas e cães.
Content
Image
Cao deitado escondendo o rosto com as patas

O que são as pulgas?

As pulgas estão em nosso planeta há muito tempo. Estudos indicam ancestrais na Era Paleozoica, há cerca de 280 milhões de anos a.C. Existe comprovação de ancestrais mais parecidos com as pulgas de hoje na Era Cenozoica (65-50 milhões de anos a.C.).

Existem em torno de 2.000 espécies diferentes de pulgas e a mais comum em cães e gatos no Brasil é a Ctenocephalides felis, introduzida na América possivelmente no século XVI com os colonizadores europeus e seus animais.

Pulgas amam cachorros, mas o sentimento não é mútuo. Esses parasitas podem atacar seu cachorro quando ele estiver brincando com outros animais infestados ou ao visitar lugares por onde passaram animais com pulgas. Elas também podem entrar no seu quintal ou na sua casa no pelo de um animal visitante e achar o caminho até o seu pet. As pulgas passam a sugar o sangue do seu cão para sobreviver, e podem transmitir doenças e parasitas durante esse processo.

Em suma, você não quer pulgas e seu cachorro também não.

Qual é a aparência da pulga de cachorro?

Existem cerca de 2.000 variedades de pulgas no mundo, mas a mais comum encontrada em cães é, por incrível que pareça, a pulga do gato. As pulgas de gatos e cachorros têm apenas alguns milímetros de comprimento. Elas têm cor marrom ou preta, mas são difíceis de enxergar porque se enterram profundamente no pelo e se movem rapidamente.

Mais fácil do que enxergar as pulgas é detectar suas fezes, que você pode ver no pelo de seu pet – especialmente na base da cauda – ou nas roupas de cama como pequenas manchas pretas. Ao passar um papel úmido na mancha, ela adquire uma cor marrom avermelhada.

Qual é o ciclo de vida da pulga?

O ciclo tem início quando uma pulga fêmea coloca ovos brancos minúsculos no pelo do cão. Esses ovos caem conforme o seu pet se movimenta, e, dentro de alguns dias, as larvas das pulgas nascem. Essas larvas se afastam da luz, enterrando-se profundamente em tapetes ou roupas de cama, entre tábuas do piso e sob os móveis, comendo fezes e células mortas de pele para sobreviver. Em seguida, elas entram no estágio de pupa, formando casulos para se transformar em pulgas adultas. Dentro do casulo, as pulgas ficam protegidas até que as condições sejam adequadas para eclodir. Elas podem ficar dormentes por até um ano, ou mais. O ciclo inteiro pode se completar dentro de algumas semanas se as condições forem adequadas; em climas e casas mais quentes, as pulgas podem ser um problema o ano inteiro.

Quais problemas as pulgas podem causar?

Além de irritar seu cachorro com picadas, as pulgas podem causar vários problemas de saúde para ele e para você.

  • Problemas de pele: As picadas podem provocar a dermatite alérgica à picada de pulga (DAPP), uma reação alérgica à saliva da pulga que irrita a pele e pode causar coceira intensa no cão.
  • Tênia: Seu cachorro pode pegar tênia ao ingerir acidentalmente pulgas infectadas por esse verme.
  • Doenças bacterianas: Uma pesquisa demonstrou que 50% das pulgas eram portadoras de pelo menos uma doença bacteriana.1
  • Problemas para o tutor: As pulgas também picam seres humanos, deixando uma mancha vermelha na pele que coça demais. Pior ainda, as pessoas podem contrair doenças bacterianas potencialmente graves pela picada das pulgas ou pelo contato com suas fezes quando tocam em um pet infestado.

O que fazer com as pulgas?

Felizmente, os tutores de cães podem escolher de uma ampla variedade de produtos eficazes contra pulgas para proteger seus pets e sua casa dessas pragas tão persistentes. Saiba mais sobre o tratamento e a prevenção das pulgas em nossa revisão abrangente dos tratamentos antipulgas para cães.

  • 1. Shaw SE, Kenny MJ, Tasker S, Birtles RJ, Vet. Microbiol. 2004 Sep 8;102(3-4):183-8. Pathogen carriage by the cat flea Ctenocephalides felis (Bouché) in the United Kingdom.
Palavras-chave
Compartilhar