Master Brand

Como brincar com seu gatinho

Compartilhar
Intro Text
Descubra as melhores maneiras de envolver seu gato na brincadeira.

Brincar com seu gatinho não é só diversão e jogos - é essencial ajudar seu amigo felino com sua coordenação, habilidades sociais e desenvolvimento mental e físico.
Content
Image
Gato brincando feliz

A importância de brincar com seu gato

Gatinhos nascem com fortes instintos que os ajudam a sobreviver na natureza. No entanto, gatinhos domesticados, que talvez nunca precisem utilizar esses instintos para caçar ou se esconder, usarão eles para brincar. A hora de brincar costuma ser um escape para esses instintos, assumindo a forma de perseguir, atacar e capturar “presas”, como um brinquedo em forma de rato.

Um gatinho que é separado da ninhada quando jovem demais pode não ter aprendido o comportamento apropriado da brincadeira. Portanto, você deve ensiná-lo a brincar bem.

Brincadeiras para fazer com seu gatinho

Os gatinhos adoram perseguir, escalar, esconder e atacar, então tente incorporar essas ações nas brincadeiras que você faz. Aqui estão algumas sugestões:

  • Use provocadores de penas, brinquedos de vara de pescar e raios laser para atividades de furto e perseguição. (Nunca aponte um laser para os olhos de qualquer animal e sempre deixe seu gato pegar um brinquedo no final do jogo.)
  • Instale um brinquedo para ajudar seu gato a desenvolver melhor equilíbrio e mobilidade.
  • Dê a ele um poste arranhador para satisfazer o instinto natural de afiar as garras - e impedir que estrague seus móveis.
  • Forneça brinquedos que seu gatinho possa tratar como presa, para que ele possa praticar seu aperfeiçoamento na técnica de ataque.

Brinquedos populares para gatinhos

Seu gato jovem gosta de brinquedos quase tanto quanto uma criança. Veja algumas das opções mais populares de brinquedos para gatos:

  • Ratos ou bolas de pelúcia: são divertidos para brincar, perseguir e carregar. Verifique se os brinquedos que você oferece são projetados para gatos, para evitar risco de engasgo e asfixia.
  • Brinquedos interativos: foram projetados para estimular a curiosidade e a inteligência mental do seu gato. Um petisco dentro do brinquedo pode ajudar a motivá-lo a interagir.
  • Penas, fios de lã e fitas: esses brinquedos incentivam o instinto natural do seu gatinho de perseguir e atacar. Tenha cuidado com os fios de lã e a fita, pois eles podem se enrolar no pescoço do seu gatinho e, se ingeridos, podem causar um bloqueio no intestino.
  • Caixas de papelão, túneis e sacos de papel: são ótimos para brincar de esconde-esconde. Evite sacos de plástico, que apresentam risco de asfixia.

Aviso: evite usar os dedos das mãos ou dos pés como um brinquedo durante as brincadeiras. Estabelecer esse limite agora pode impedir que seu gatinho crie um hábito doloroso quando adulto. Se o seu gatinho começar a ser agressivo com você - se escondendo e atacando você enquanto passa, por exemplo - você deve ficar parado e distraí-lo com um brinquedo.

Quando brincar com seu gatinho

Os gatos costumam estar mais alertas no início da manhã e depois à noite, sendo esses os melhores horários para brincar. Use um brinquedo favorito e mantenha as sessões de jogos curtas: 10 a 15 minutos, duas vezes por dia, envolverão tanto seu gatinho que ele ficará contente em explorar sozinho, brincar ou dormir pelo resto do dia.

Diversão felina: o que fazer e não fazer

Fazer:

  • Brinque durante algumas sessões curtas todos os dias - 10 a 15 minutos serão suficientes.
  • Deixe seu gato pegar e agarrar o brinquedo no final de cada brincadeira para satisfazer seu instinto predatório.
  • Forneça uma variedade de brinquedos, especialmente aqueles com formato de presa (como um rato).

Não fazer:

  • Nunca use os dedos das mãos ou dos pés como um brinquedo durante a brincadeira. Se o fizer, seu gato pode desenvolver um mau hábito - doloroso para você.
  • Nunca bata ou grite com seu gatinho quando ele morder ou atacar. Isso o deixará com medo de você.
  • Nunca force seu gato a brincar ou ser treinado. Alguns gatinhos preferem menos brincadeiras; alguns preferem mais. Encontre o equilíbrio certo para seu pet.

Ensinar seu gato a se envolver em brincadeiras amigáveis ​​não apenas ajuda você e sua família a evitar mordidas e arranhões dolorosos, mas também incentiva habilidades sociais adequadas ao desenvolver os reflexos e a coordenação do seu gato. Mantenha as atividades curtas e positivas, e seu gatinho se tornará um gato feliz e saudável.

Compartilhar