Master Brand

Como acalmar seu gato? O guia essencial

Compartilhar
Intro Text
Gatos podem se estressar facilmente – e um gato estressado não é um gato feliz! Descubra com esse guia as melhores maneiras de acalmar seu gatinho.
Content
Image
Gato calmo deitado junto com sua dona dentro de casa, felizes com nariz e focinho encostados um no outro.

Os gatos são animais muito sensíveis e podem ser incomodados até por coisas muito pequenas: um hóspede em casa, um barulho inesperado, um móvel fora do lugar... O estresse deixa os gatos infelizes, e isso geralmente se reflete em seu comportamento. Quando estão estressados, eles tendem a se retrair, se esconder, desenvolver comportamentos inesperados ou até mesmo destrutivos, correndo pela casa, arranhando os móveis ou urinando e defecando fora da caixinha. Nosso guia foi desenvolvido para ajudá-lo a identificar as causas do estresse do seu gato e para mostrar como acalmá-lo.

Quais são as causas do estresse do seu gato?
Ultimamente, você notou que seu gato está mudado. Retraído, estranhamente quieto e passa o tempo todo escondido debaixo da sua cama. Talvez ele também tenha começado a se coçar e a urinar por toda a casa – maus hábitos que você tenta erradicar há muito tempo!

Esses comportamentos são os sintomas clássicos de estresse em gatos e indicam que seu amiguinho não está se sentindo bem. Antes de tentar ajudá-lo, é importante entender as causas desse comportamento. Gatos são animais muito sensíveis, que nem sempre reagem bem a mudanças de rotina. Provavelmente existe uma razão clara para explicar por que seu gato está se sentindo estressado. Talvez você tenha se mudado de casa, feito uma reforma ou mexido no jardim; talvez tenha um novo animal em casa (ou até outra pessoa!); talvez um gato rival tenha se mudado para sua vizinhança. Ao considerar as alterações que ocorreram, você deve conseguir descobrir as origens do estresse do seu gato, o que é o primeiro passo para acalmá-lo.

Se não houver razão óbvia para justificar o comportamento do seu gato, pode ser que ele esteja doente. Os gatos são muito bons em esconder os sintomas de uma lesão ou de uma doença e, às vezes, a única maneira de perceber que algo está errado é que ele está se comportando de maneira estranha. Seu veterinário poderá estabelecer um diagnóstico e prescrever o tratamento necessário para que seu gato se sinta bem novamente.

Como posso acalmar meu gato?
Quando você pensar sobre as causas do estresse do seu gato, tente determinar se é um problema recorrente de longa data (talvez ele esteja sendo intimidado por outro gato na região) ou devido a um evento recente (uma visita ao veterinário ou hóspedes em casa). Você também poderá determinar a melhor estratégia a adotar para acalmar seu gato.

Posso eliminar a origem do estresse?
Dependendo da situação, você pode eliminar completamente a origem do estresse na vida do seu gato. Por exemplo, se outro gato estiver entrando na sua casa e comendo a comida do seu gato, pense em instalar uma portinhola ativada por microchip e garantir que o invasor não consiga entrar por janelas ou portas abertas.

Fique junto do seu gato
Se o seu gato reagir a uma fonte inevitável de estresse, como uma visita ao veterinário ou fogos de artifício, não será possível eliminar a origem do estresse dele. Mas você pode ajudá-lo a se acalmar, demonstrando tranquilidade. Se o seu gato se esconder, não tente forçá-lo a sair do esconderijo. Sente-se calma e silenciosamente perto de onde ele estiver se escondendo e espere que ele vá até você. Isso pode levar algum tempo, mas o ambiente calmo que você criou ajudará a relaxá-lo.

Crie um ambiente seguro
Se seu gato odeia visitas e você recebe pessoas em casa regularmente, você pode criar um “ambiente seguro” ao qual ele pode se retirar quando seus convidados chegarem. Precisa ser um cômodo calmo – não vale o corredor do banheiro, ou o seu gato pode querer ficar longe de você para manter a calma. Coloque neste local seguro a caixinha de areia do seu gato e também seus brinquedos, um arranhador, ração e uma tigela de água – tudo o que ele precisa para ter uma noite tranquila.

Ter um lugar seguro onde se refugiar pode ajudar seu gato a evitar fontes de estresse. Ele saberá que pode se retirar para um lugar tranquilo e calmo se estiver ansioso. Um local seguro também pode ser útil se você estiver com um animal novo em casa; isso proporcionará ao seu gato um espaço “só dele” durante o período de adaptação ao novo pet.

Ajude o seu gato a resistir melhor ao estresse
Se não conseguir eliminar a origem – o gato do vizinho que o está intimidando, por exemplo – você pode tomar medidas para que seu gato resista melhor ao estresse. Comece fazendo algumas mudanças simples em casa. Gatos adoram ficar bem no alto para vigiar seu reino! Essa posição lhes dá uma sensação de segurança e controle. Criar um abrigo aconchegante no ponto mais alto da casa – como móveis, em cima de armários ou prateleiras, por exemplo – pode ajudar seu gato a relaxar e muito. Do mesmo modo, ajudar seu gato a marcar a casa com seu odor pode ajudá-lo a se sentir melhor. Os gatos marcam os lugares com seu odor usando glândulas localizadas nas bochechas. Você pode ajudar seu gato esfregando delicadamente as bochechas dele com um pano limpo e depois passando o pano pela casa. Você também pode comprar um difusor de feromônios, que criará um ambiente tranquilo da mesma maneira.

Para que seu gato seja mais capaz de resistir ao estresse, você também pode estimulá-lo mais. Essa solução não ajudará se ele já estiver estressado, mas a interação durante períodos mais calmos pode ser benéfica a longo prazo. Brinquedos ou brincadeiras com comida também podem promover o bem-estar e a resistência ao estresse do seu gato.

Aja de maneira positiva!
Quando você estiver tentando acalmar seu gato, não deve jamais repreendê-lo ou puni-lo. Mesmo que ele esteja demonstrando comportamentos destrutivos, urinando ou defecando pela casa ou arranhando os móveis, repreendê-lo simplesmente aumentará o estresse e poderá agravar o problema. E seu gato pode acabar te odiando! Demonstrar delicadeza e paciência ajudará seu gato a ficar tranquilo e feliz.

Palavras-chave
Compartilhar