Master Brand

Como treinar seu gato a usar a porta de passagem

Compartilhar
Intro Text
Embora não muito comum no Brasil, a porta de passagem é uma boa opção para gatos que vivem em casas e podem transitar livremente e com segurança entre os ambientes interno e externo.

Enquanto alguns gatos aprendem a usar a porta de passagem imediatamente, outros requerem incentivo, treinamento e muita paciência!

Gatos são animais naturalmente curiosos e muitos aprenderão a usar a porta de passagem imediatamente e sem nenhuma dificuldade. Mas os gatos também podem ser muito cautelosos quando se trata de mudanças em seu ambiente e alguns precisam de um pouco de incentivo antes de se sentirem à vontade ​​usando a portinha. Aprenda a ajudar seu gato a usar e aproveitar os benefícios que uma porta de passagem pode trazer.
Content
Image
Um gato Norueguês da floresta passa por uma portinhola para gatos

Grandes espaços ao ar livre

Quando você adquire um novo gato, adulto ou filhote, ele precisa se acostumar com a nova casa, o que pode levar várias semanas. Quando estiver pronto - e em dia com as vacinas - é hora de ter acesso a ambientes externos um grande passo para o gato que antes só frequentava a parte interna da casa. Os gatos gostam de estar ao ar livre e, como criaturas independentes, desejam ir e vir quando quiserem, porém o acesso à rua não é recomendável, a menos que você conheça muito bem a sua vizinhança e o ambiente de circulação seja seguro. Ter seu gato sempre sob a sua supervisão evita que ele sofra maus tratos e mantém seu amigo saudável por muitos anos, já que na rua ele pode ter contato com animais portadores de doenças infectocontagiosas.

Por isso, a instalação da porta de passagem deve ser considerada se você mora numa casa e quer permitir que seu gatinho tenha acesso ao quintal ou outro ambiente externo seguro, e lembre-se de telar as áreas onde ele possa subir e escapar, pois eles são animais muito ativos e espertos.

Não entre em pânico!

Para muitos gatos, sua curiosidade natural e o desejo de explorar o ambiente externo os farão aprender a usar a porta de passagem imediatamente. Para outros, não é tão simples. Os gatos podem ser muito cautelosos em contato com novos objetos em seu ambiente e também muito teimosos quando se trata de fazer coisas que eles não querem!

Se o seu gato estiver relutante em usar a portinha, será necessário ter muita paciência com ele. A última coisa que você quer fazer é associar a porta de passagem ao estresse, forçando-o a atravessá-la.

Abordagem em duas etapas

Seu gato precisa aprender que ele pode entrar e sair pela portinha, e que é necessário empurrá-la para o uso. A melhor maneira de incentivar os gatos relutantes é dar um passo de cada vez.

Comece mantendo a porta de passagem totalmente aberta com fita ou um pedaço de barbante. Assim, seu gato pode ver claramente o quintal ao ar livre e isso por si só pode ser suficiente para levá-lo adiante. Caso contrário, saia e chame-o através portinha aberta, incentivando-o a vir até você com seus petiscos favoritos. Se mesmo assim ele estiver relutante, é hora de envolver outro humano - de preferência um que seu gato conheça e confie.

Um de vocês deve segurar gentilmente seu gato na frente da porta de passagem aberta, enquanto o outro fica do outro lado. Coloque pela portinha um petisco para seu gato, para que ele aprenda a associá-la a coisas boas. Lentamente, ele começará a vir para ganhar seus petiscos e, eventualmente, você poderá atrai-lo a atravessar a porta. Lembre-se de recompensar todas as passagens bem-sucedidas pela portinha e praticar em ambas as direções, dentro e fora.

Agora, é hora de ensinar seu gato a abrir a porta de passagem. Comece colocando um prendedor de roupa ou clipes na porta para que ela não se feche completamente e seu gato ainda possa ver o outro lado. Oferecendo petiscos e chamando-o, ele aprenderá a empurrar a porta com a cabeça ou a pata para passar. Depois que ele aprender isso, remova o prendedor para que a porta se feche completamente e pratique entrar e sair da casa - novamente certificando-se de recompensar e elogiar toda passagem bem-sucedida.

Da mesma forma, se o seu gato é particularmente tímido, o processo pode ser longo, mas no final valerá a pena - dando independência ao seu gato e descanso a você, já que não precisará mais correr para a porta toda vez que ouvir um miado!

Garanta que seu gatinho seja totalmente treinado com o nosso guia que ensina seu gato a urinar na caixa de areia.

Palavras-chave
Compartilhar