Master Brand

Como adestrar seu cão para ficar na caixa de transporte

Compartilhar
Intro Text
Pode parecer assustador treinar um cão para ficar na caixa de transporte ou uma gaiola, mas com estes três passos fáceis você pode transformá-la no local preferido dele.
Content
Image
Cachorro labrador relaxado dentro da caixa de transporte

Muitos donos de animais se sentem culpados por colocá-los em uma gaiola. Eles acham que confinar o cachorro em um espaço pequeno é algo maldoso ou cruel. Se você se identifica, fique tranquilo em saber que até os cães mais sociáveis precisam ter seu espaço. As gaiolas são canis para uso interno, que oferecem um local aconchegante para os cachorros, que imita as tocas que seus ancestrais lobos não-domesticados criavam na vida selvagem. As gaiolas ajudam os cães a se sentirem seguros e podem tornar a sua vida muito mais fácil se eles tiverem ansiedade de separação.

Por que treinar seu cão para ficar na gaiola?

As gaiolas não são só úteis para acalmar a ansiedade do seu cão, elas também ajudar ajudam no:

  • Treinamento de filhotes em casa (seu cachorro vai relutar em sujar a gaiola onde dorme, assim, terá mais probabilidade de lhe dar uma indicação de quando precisa ir para fora)
  • Transporte prático quando for ao veterinário, ou ficar em um canil, ou viajar
  • Oferece um local seguro para o cão quando ele se sente nervoso ou com medo, como, por exemplo, durante a queima de fogos ou festas

Como escolher a gaiola do tamanho certo

O tamanho é uma consideração importante quando estiver procurando uma gaiola. A gaiola precisa ser grande o suficiente para o cachorro ficar em pé quando estiver totalmente crescido. Se estiver comprando uma gaiola para um filhote, leve em consideração o tamanho estimado que ele terá quando ficar adulto.

Meça o comprimento, altura e peso atual do seu cão e faça uma previsão do peso dele quando adulto. Conhecer esses números vai ajudá-lo a selecionar a gaiola perfeita, pois a maioria das gaiolas vêm com guias de medidas.

Muitas gaiolas vêm com divisores temporários que ajudam a reduzir seu tamanho para acomodar um filhotinho. A maioria dos filhotes precisa de gaiolas menores para evitar que usem um lado como banheiro e durmam do outro lado. Esses divisores podem ser removidos quando ele estiver grande o suficiente para a gaiola maior.

Guia de treinamento para a gaiola

Passo 1: Crie um espaço convidativo

Quando tiver seu novo canil, certifique-se de que é um espaço aconchegante para o cão. Coloque uma caminha confortável e alguns dos brinquedos favoritos dele, para incentivar seu cachorro a explorar a nova gaiola. Usar um cobertor ou brinquedo que tenha um cheiro conhecido vai incentivar seu cão a entrar. Durante este processo, mantenha a porta da gaiola aberta de forma segura, para que não bata e assuste o cachorro. Deixe a porta do canil aberta por alguns dias para ajudá-lo a se acostumar.

Ele pode não mostrar interesse na gaiola em um primeiro momento. Se for esse o caso, coloque alguns petiscos lá dentro (certifique-se de que ele está olhando), para ajudar a levá-lo para dentro. Caso isso não funcione, tente fazer uma trilha de migalhas de comida, levando até a gaiola. Coloque os petiscos no interior da gaiola, para que ele precise ir até lá para pegar.

Esses passos vão ajudá-lo a estabelecer uma associação positiva entre o cão e a gaiola.

Passo 2: Use a tigela de comida

Quando o seu cão estiver entrando no canil regularmente para pegar petiscos, você pode progredir para o próximo passo: introduzir uma tigela de comida. Veja como fazer:

  1. Coloque a tigela de comida do cachorro dentro da gaiola para incentivá-lo a comer lá dentro.
  2. Seu cão pode ficar hesitante de comer na tigela em um primeiro momento, mas com o passar do tempo ele vai escolher a comida em vez da incerteza.
  3. Quando ele começar a se acostumar a comer dentro da gaiola, feche a porta cuidadosamente e silenciosamente enquanto ele estiver comendo. Isso pode soar maldoso, mas ele provavelmente nem vai notar.
  4. Ele pode chorar um pouco querendo sair, então repita esse processo e gradualmente aumente a quantidade de tempo que ele fica no canil após as refeições.

Quando ele estiver mais confortável passando mais tempo na gaiola, comece a associar um comando específico como “canil” ou “gaiola” no momento em que seu cão estiver lá. Para fazer isso, fique ao lado da gaiola e chame o seu cão. Com um petisco, use seu comando preferido. Quando ele estiver lá dentro, dê o petisco.

A repetição é fundamental durante o início do treinamento. Os cães adoram rotina, e quanto mais tempo passam na gaiola, mais fácil será o treinamento. Vá aumentando o tempo, de 20 a 30 minutos de tempo dentro da gaiola enquanto estiver fora da vista dele até progredir para o próximo passo.

Passo 3: Vá aumentando o tempo na gaiola

Agora que seu cão aprendeu a ficar na gaiola nesses curtos períodos de tempo ele, está pronto para ficar na gaiola enquanto você não estiver em casa. Se ele chorar, pode ser sinal de que você fez o treinamento muito rápido. Se for o caso, volte para o Passo 2 e passe por todas as fases até chegar ao Passo 3.

Quando voltar para casa depois de ele ter ficado na gaiola por um período longo, não o cumprimente com muita animação. Ele vai estar muito feliz em vê-lo, mas não incentive esse comportamento ao ir correndo até ele assim que chegue em casa. Em vez disso, espere alguns minutos, guarde suas coisas ou tire o casaco e espere até que ele tenha se acalmado um pouco antes de se aproximar, e depois o deixe sair da gaiola.

Dicas de treinamento

Varie os momentos em que o cão fica na gaiola

Se você deixar o cão na gaiola apenas quando estiver para sair de casa, ele pode associar negativamente a sua ausência com a gaiola. Em vez disso, incentive-o a entrar no canil para tirar um cochilo durante o dia ou faça com que ele entre na gaiola antes de receber um brinquedo para morder. Essa variação vai ajudar a reforçar a ideia da gaiola como um lugar seguro e divertido para passar o tempo.

Transforme a gaiola em parte da rotina dele

Coloque o cachorro na gaiola à noite e deixe-o sair de manhã para fazer as necessidades e comer. Enquanto ele estiver dormindo na gaiola à noite, mantenha a gaiola perto de você, para que ele não se sinta punido ou isolado. Esse tipo de rotina e associação positiva vai ajudar quando você precisar colocar o cão na gaiola para ir ao veterinário ou viajar.

Utilize o treinamento da gaiola junto com outros treinamentos

O uso da gaiola pode ser uma ferramenta maravilhosa para treiná-lo a fazer as necessidades, mas é apenas um dos vários passos para a obediência e boas maneiras. Saiba mais  sobre obediência canina e dicas de treinamento para manter seu filhote aprendendo mesmo depois de ter se acostumado com a gaiola e a casa.

Compartilhar